Além da acupuntura e fisioterapia, o Instituto de Reabilitação Animal oferece outras modalidades terapêuticas visando bem-estar e qualidade de vida aos pets! Para cada situação, seja ela comportamental, locomotora, imunológica, algumas das terapias podem ser indicadas e trazer benefícios aos seus pets! Está em dúvida se alguma delas pode beneficiar seu animalzinho em determinada situação? Confira esse post por completo!

Texto por: M.V. Mhayara Reusing

O Instituto de Reabilitação Animal foi inaugurado em 2014, sendo a primeira clínica especializada em reabilitação e acupuntura animal em Curitiba. Assim, desde o princípio, estão dentre os nossos serviços a Fisioterapia veterinária e a medicina tradicional chinesa, representada pela Acupuntura.

É importante ressaltar que todas as técnicas podem ser aplicadas, por profissionais capacitados, em todas as espécies de animais domésticos: coelhos, gatos, equinos, cães e gatos!

Podemos ainda desmembrar essas técnicas em suas modalidades, como por exemplo, a fisioterapia, englobando eletroterapia, magnetoterapia, fotobiomodulação (laserterapia), ultrassom terapêutico, hidroterapia, cinesioterapia e demais terapias manuais. Enquanto a acupuntura, por sua vez, pode ser aplicada com a moxaterapia, laserpuntura, agulhamento seco e outras.

A fisioterapia e a acupuntura são técnicas que se complementam, por agir de modo físico e energético, respectivamente, maximizando os efeitos biológicos desejados.

As principais indicações para associação da acupuntura e fisioterapia, que requerem fortalecimento muscular, ganho de massa, retorno à locomoção, regeneração tecidual e alívio da dor são:

  • Desordens locomotoras: doenças neurológicas, ortopédicas.
    • Quando há claudicação (mancam), arrastam membros, não tem força, não conseguem se sustentar, tem dificuldades para fazer suas necessidades fisiológicas, em casos de fraturas ou mesmo desgaste articular com o avanço da idade, como a artrose, consequência da displasia de cotovelo ou quadril. Outras indicações comuns são hérnia de disco, cinomose, síndrome vestibular idiopática.
  • Desordens endócrinas: obesidade, hipoteroidismo, hiperadrenocorticismo.
    • O sobrepeso é muito prejudicial para as articulações, e deve ser controlado buscando o equilíbrio hormonal e atividades de baixo impacto, como esteira aquática.

Acupuntura pode também ser indicada para questões emocionais, como agressividade, medos e/ou traumas. Ainda, nesses casos, florais e homeopatia podem contribuir muito para o controle dos distúrbios comportamentais!

Mais tarde, a microfisioterapia também passou a ser aplicada em animais, e ela também visa, através de micropalpações, reinformar o organismo para que trabalhe melhor os traumas e até mesmo ajude na recuperação de doenças psicossomáticas. Por ser totalmente indolor, é uma técnica muito bem aceita pelos animais, e proporciona equilíbrio vital.

Em 2019, o Instituto de Reabilitação Animal trouxe o Curso Oficial da KinesioTape® Equine KT1 e KT2 para Curitiba. Todos os membros da equipe participaram do curso e aplicam as bandagens elásticas funcionais como terapia complementar ao tratamento de reabilitação física!

Mais recentemente, a ozonioterapia foi regulamentada também em animais, pelo Conselho Federal de Medicina Veterinária. Mais precisamente, em 22 de outubro de 2020 a ozonioterapia passou a ser uma técnica regulamentada pelo CFMV, através da resolução 1364. Essa técnica, por sua vez, faz uso do gás Ozônio (O3), que tem potencial de estimular reações antioxidantes, modulando respostas inflamatórias em doses mais baixas, ou agindo como bactericida em concentrações mais altas.

As terapias celulares com Plasma Rico em Plaquetas e Células-tronco também ganharam credibilidade com seu uso e benefícios comprovados em animais. Suas principais indicações são no tratamento de sequelas de cinomose, doenças articulares, reparação de fraturas.  E a melhor notícia é que também está regulamentada pelo CFMV (clique aqui para acessar a resolução 1363)

Shockwave (Terapia por ondas de choque) também faz parte das terapias oferecidas no Instituto de Reabilitação Animal, sendo indicada em casos de tendinoses, doenças articulares degenerativas e fraturas com dificuldade para consolidação (não-união, união retardada).

Em caso de dúvidas sobre qual terapia é mais indicada para o seu PET, a equipe do Instituto de Reabilitação Animal está à disposição para esclarecê-las! Envie um whats para: (41) 99758-7554

Conheça o currículo de nossa equipe em: https://www.iranimal.com.br/sobre/#equipe.