Estudo feito por Alexandre Navarro, da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ) da USP, ao analisar cães com displasia e osteoartrose secundária a partir de sessões de tratamento por ondas de choque extracorpóreo (Toc), mostrou a eficácia desse procedimento tanto na melhora da locomoção dos animais, com métodos quantitativos de análise cinética, quanto na diminuição da dor, constatada por avaliação cega. “São ondas mecânicas, e não elétricas, que não vão só favorecer a reparação tecidual, vão também reduzir o estimulo nervoso da dor”, explica Alexandre.

Por não possuírem cura, tanto a displasia quanto a osteoartrose são tratadas inicialmente de maneira conservativa antes que o animal seja levado à sala de cirurgia. A pesquisa, então, buscou um método não invasivo que pudesse atuar na recuperação do animal e que não somente evitasse que o grau da lesão piorasse. Para a regeneração da cartilagem, que tende a se degenerar mais do que se reparar, o tratamento usou as ondas de choque porque, como já havia sido comprovado em outros estudos, elas aumentam o potencial regenerativo das células. Além disso, o Toce também evita, de maneira até melhor que alguns medicamentos conservativos, que o tecido se degenere ainda mais. Por fim, as ondas de choque denervam as fibras de dor, o que faz com que os animais sintam menos incômodo ao se locomoverem.

A displasia coxofemoral é a doença ortopédica hereditária mais comum em cães, e que tem como característica a instabilidade na articulação coxofemoral. A dor é causada por essa incongruêncial articular e pela degeneração da articulação. A doença atinge todas as raças de cães, mas principalmente as maiores, que têm crescimento rápido.

A osteoartrose, também caracterizada pela degeneração na cartilagem articular, aparece com o envelhecimento do animal. Como a cartilagem perde a capacidade de absorver e distribuir as forças às articulações, ela se torna alvo de lesões. Cerca de 20% dos animais idosos apresentam sinais da doença.

https://www.facebook.com/EquitocShockwave/videos/539650849571091/