O seu melhor amigo tem medo de chuva? É só começar a ouvir o barulho da água ou da tempestade que já corre para debaixo da cama ou se esconde atrás do sofá? Muitos cães têm medo de chuva, que é provocado pelo barulho que ela faz. Mas, como lidar com esta situação e diminuir o medo no cachorro?

Nada melhor que um dia de calor, para brincar com o seu melhor amigo, ou passear com ele pelas praças e parques da cidade. Porém, em dias chuvosos, é comum os cães ficarem inseguros e com muito medo, principalmente, se a chuva for acompanhar por tempestade.

O medo é provocado, justamente, pelo barulho. A audição do cão é muito sensível, e eles acabam escutando o barulho muito mais alto e forte do que nós. Devido a isso, eles sentem medo e podem procurar algum lugar seguro e confortável para se esconder ou se aproximar do dono. Além disso, o temor, também, pode ser provocado, pelo perigo que os barulhos representam.

Assim, os sons de chuva ou barulho de trovão, podem indicar uma ameaça de perigo, provocando medo no cão. Como eles não sabem o que significam o barulho tende a se esconder.

Como diminuir o medo?

Existem várias maneiras para tentar diminuir o medo no seu melhor amigo. Mostre ao seu cachorro, que ele esta seguro. Mas, tente agir de forma natural, ou seja, não fique proporcionando uma proteção excessiva para o seu cachorro. Lembre-se de que é preciso ter equilíbrio.

Por exemplo, você pode distrair o seu cachorro com atividades e brincadeiras novas. Que tal aproveitar para encher ele de carinho ou presenteá-lo com algum brinquedo novo? Assim, ele ficará distraído e perderá o foco do barulho. Outra dica é você dar a ele o brinquedo favorito. Assim, ele vai brincar e esquecer o medo.

Que tal levar o seu cachorro para algum cômodo mais silencioso da casa? Assim, ele também permanecerá longe do barulho. Porém, respeite os medos do seu cão e não tente forçar nenhum tipo de situação, para que ele perca o medo.

Entretanto, cães que têm medo excessivo podem ficar muito nervosos e entrar em desespero e, assim, eles podem urinar de forma involuntária, vomitar, desenvolver convulsões, entre outros. Em casos de medo excessivo é fundamental procurar um médico veterinário, para que ele possa identificar e indicar o tratamento correto para lidar com a situação.

Fonte: caesonline.com.br