Curitiba, 20 de agosto de 2020.

Texto por M.V. Ma. Esp. Michele Milistetd

Há tempos ouvimos falar sobre as células-tronco e seu potencial terapêutico para diversas enfermidades! Elaboramos esse post com mais informações sobre esse tratamento que vem sendo empregado também na Medicina Veterinária, confira!

  1. O que são células-tronco?

São células indiferenciadas que possuem capacidade de proliferação indefinida, auto-renovação, produção de diferentes linhagens celulares e secreção de citocinas atuantes no sistema inflamatório e imunológico, bem como regeneração de alguns tecidos.

Fonte: https://images.app.goo.gl/A4JmFnxi7HZywcA86

Quais são os tipos de células-tronco?

As totipotentes podem originar um organismo totalmente funcional, como qualquer tipo celular do corpo, inclusive extra-embrionário.

As pluripotentes, também conhecidas como embrionárias, são capazes de se transformar em qualquer tipo de célula adulta.

As multipotentes, também conhecidas como adultas, possuem capacidade de se dividir, gerando tanto outras células idênticas com o mesmo potencial, como outras células diferenciadas.

As induzidas são células produzidas em laboratório, que sofrem uma reprogramação, através da inserção de um vírus. Esse vírus se insere no DNA da célula e reprograma o código genético.

Fonte: https://images.app.goo.gl/8RMQFJ58MgszV7qQ7

Onde encontramos as células-tronco?

As totipotentes são encontradas no zigoto, as pluripotentes no embrião, e as multipotentes são encontradas no tecido adiposo, medula óssea, polpa dentária e no cordão umbilical.

Qual tipo de célula-tronco que utilizamos em nosso tratamento?

As células-tronco multipotentes mesenquimais, que já foram muito estudadas e se sabe que não causa mal nenhum ao organismo, nem câncer.

Quais são as doenças que podemos utilizar as células-tronco em cães e gatos?

Osteoartrose, lesões tendíneas, falhas ósseas, sequela de cinomose, hipoplasia medular, úlcera de córnea, dermatite atópica, doença renal crônica, doenças auto-imunes, cardiomiopatia dilatada e muitas outras que estão sendo estudadas.

Quais são as doenças que podemos utilizar as células-tronco em cavalos?

Tendinopatias, osteoartrose, fratura, endometrite e úlcera de córnea e muitas outras que estão sendo estudadas.

Como são infundidas as células-tronco?

Podem ser infundidas de diversas formas como: via intravenosa, intra-articular, intratecal, subconjuntival e tópica.

Como as células-tronco funcionam?

Elas funcionam no microambiente celular se transformando no tecido lesionado ou secretando biofatores que promovem a recuperação do tecido. Para cada tipo de tecido ou órgão, as células-tronco vão secretar biofatores específicos na tentativa de reverter o processo de morte celular.

Fonte: https://biocell.com.br

Essa células-tronco são registradas por algum órgão?

Sim. Nossas células-tronco de cães, gatos e cavalos são registradas no MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento). Somos a primeira empresa no mundo com o registro dos 3 produtos.

Fonte: https://biocell.com.br

Posso utilizar as células-tronco de outro animal no meu?

Sim, sendo da mesma espécie. Temos um banco de células-tronco congeladas para agilizar o tratamento.

Posso guardar as células-tronco do meu animal para um tratamento futuro?

Pode. Indicamos a coleta quando o animal ainda é jovem, e essas células podem ser mantidas congeladas em nosso laboratório até o final da vida dele.

Fonte: Arquivo pessoal

O tratamento com células-tronco é seguro?

Sim. O tratamento com células-tronco, quando realizado de forma correta, é extremamente seguro e os índices de complicações são próximos a zero. Importante ressaltar que as células-tronco devem passam por um controle de qualidade adequado e um processo de produção validado pelo MAPA garantindo assim células-tronco seguras.

O tratamento é igual para todas as doenças?

Não. Cada doença e cada paciente exige um estudo e um tipo protocolo. Onde temos que analisar a quantidade de células a ser utilizada, a via de aplicação e a frequência.

Fonte: Arquivo pessoal

Como faço para saber se meu animal pode se beneficiar desse tratamento?

Converse com um de nossos veterinários, que te encaminhamos para a veterinária responsável por esse serviço.

 

Referências

https://biocell.com.br

https://www.celulastroncors.org.br

http://www.portal.anvisa.gov.br

http://www.rntc.org.br

Bobis S., Jarocha D., Majka M. Mesenchymal stem cells: characteristics and clinical applications. Folia Histochemical Cytobiological, v.44, p.215-230, 2006.

Caplan A.I. Why are MSCs therapeutic? New data: new insight. Journal of Pathology, v.217, p.318-324, 2009.

Carvalho A.C.C. Células-tronco: medicina do futuro. Revista Ciência Hoje, v. 29, n. 172, p. 26-31, 2001.

Dominici M, Le Blanc K, Mueller I, et al. Minimal criteria for defining multipotent mesenchymal stromal cells. The International Society for Cellular Therapy position statement. Cytotherapy. 2006;8(4):315‐317.

Gade N.E., Pratheesh M.D., Nath A., Dubey P.K., Sharma A.G.T. Therapeutic potential of stem cells in veterinary practice. Veterinary World, v. 5, n. 8, p. 499-507, 2012.