Existem diversos estudos acerca dos conceitos de ergonomia e conforto durante as atividades realizadas por animais de estimação. De modo geral, essas pesquisas analisam as rotinas do pet relacionadas a:

 

  • Alimentação
  • Sono
  • Momentos de lazer e brincadeiras
  • Exercícios físicos

 

Obviamente, a variedade de raças e portes pode fazer com que os resultados dos estudos não se apliquem para todos os animais. No entanto, todas as pesquisas desenvolvidas têm sido de extrema importância para garantir que itens como camas, comedouros, bebedouros e guias sejam adequados para proporcionar melhores condições de postura e conforto no dia a dia.

 

Três atividades são as mais comumente praticadas pelos pets: comer, dormir e brincar. Enquanto donos, é importante ter consciência de que os objetos relacionados a estas atividades são os mais adequados para a idade, porte e raça do animal.

 

Confira, na prática, algumas dicas para garantir que isso aconteça!

 

Comedouros e bebedouros

Apesar de muitas pessoas não saberem, os pratos de água e ração devem ser posicionados de acordo com a altura do animal. Para alguns tamanhos de animal, não é interessante que os comedouros e bebedouros fiquem no chão, uma vez que isso pode trazer problemas digestivos ou ainda de coluna, por conta do esforço repetitivo.

É importante garantir que, na hora de se alimentar, seu pet não faça um esforço desnecessário com o tronco e pescoço para alcançar a comida. Dessa forma, recomendam-se pratos elevados para que problemas como dores na coluna ou artrites surjam ao longo dos anos.

 

Cama

A cama também é um item importante a ser observado. Para garantir noites de sono mais confortáveis para seu pet, é importante garantir que a cama não seja pequena demais. Por isso, aproveite um momento que seu amigo esteja esticado para medi-lo, e utilize o tamanho dele como base para comprar uma cama que caiba toda a extensão do animal.

O material da cama também deve ser escolhido cuidadosamente. Atualmente, já existem colchões ortopédicos fabricados especialmente para animais de estimação. Caso você não deseje investir nisso agora, garanta que a cama do seu pet não seja muito dura ou macia demais. O material escolhido deve oferecer, ao mesmo tempo, conforto e suporte.

 

Guias e coleiras

A hora de passear é um momento especialmente divertido para os animais de estimação. No entanto, a experiência pode ser desconfortável caso as guias e coleiras não sejam escolhidas de maneira adequada.

Por isso, garanta que estes itens ofereçam, além de segurança, mais conforto para seu pet. Verifique se o tamanho da guia, coleira e/ou peitoral são adequados para o porte do seu animal, não ficando frouxos ou apertados demais.

 

E aí, o que achou das dicas? Para mais conteúdos sobre veterinária e cuidados com animais de estimação, não deixe de acompanhar o Blog do Ir Animal. Até a próxima!